quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Victoria Ruiz de Cortazar - El circo de la Luna

PALHAÇO

Se morre um palhaço,
nas águas do rio,
sua alma se banha…e purifica
para emergir no ar,
rumo a Grande Jornada…

Se morre um palhaço,
uma estrela nasce no céu
tendo ao fundo do seu brilho alegre
a lona espessa e profunda do universo…

…e, por lá fica,
no picadeiro galáctico
iluminando alegrias
aos circos do mundo...

Genny Xavier

_________________________________

***Poema em homenagem ao ator brasileiro Domingos Montagner, de formação teatral e circense, morto em 15 de setembro nas águas do rio São Francisco durante o período de filmagens em trabalho de teledramaturgia.

Domingos Montagner