sexta-feira, 25 de março de 2016

DE TODOS OS POEMAS O MAIS BELO...


Em 25 de março de 2009, quando minha filha amada completava 24 anos, escrevi um poema para traduzir este inexplicável amor materno. Uma homenagem que em mim refletia o meu mais profundo desejo de explicar meus sentimentos de mãe e minha alegria deste presente que a vida me ofertou.
Nestes novos tempos, em que ela já casada, já profissionalmente graduada, aos 31 anos de sua existência, eu retorno ao poema “Desejos para uma menina-estrela” e reafirmo meu amor e o meu eterno sentimento de vê-la sempre como a minha menina, embora na condição de uma mulher feita, linda e generosa. 
Na data especial desta sexta feira cristã, dia 25, comemoramos seu aniversário, e para ela eu reapresento estes versos paridos da minha alma. 


DESEJOS PARA UMA ESTRELA-MENINA
Para TAINÁ, minha filha

Desejo, neste tempo torto
e de caminhos íngremes,
te recriar todos os dias,
do feto à luz das minhas auroras...

Desejo, no espírito da Grande Mãe,
que sol e lua, vento, mar e tempestades
mesclem suas forças
para proteger seus dias.

Desejo, no caleidoscópio do céu noturno
que a estrela do teu nome
te seja guia e norte
luzidia sorte de brilho e cor.

Desejo, no confronto das diferenças
que a distância do meu mundo maduro
te ofereça lição de vida
para o exemplo das tuas febres juvenis.

Desejo, nesta convulsão materna
do parir a ti todos os dias,
embalar tuas horas quando tristes forem.
e ninar seguidamente teus sonhos

Desejo, nesta ânsia de desejar,
fluir teus risos, encantar teus verdes olhos,
festejar de canto tua voz musical
e tua solene elegância de garça.

Desejo, na curvatura do tempo,
bem antes que eu cruze outras fronteiras
soprar meu amor em tua alma
e imprimir meus passos no teu caminho

Genny Xavier

2009/ 24 anos

2016/ 31 anos

6 comentários:

Tainá Xavier disse...

Que lindo Mãe...eu que agradeço por tudo, e hoje aos meus 31 anos, me torno cada vez mais parecida com VC...generosidade, capacidade de ir a luta, são qualidades que vc me ensinou...só n aprendi a escrever bonito...kkkkkk!!! Te amo muito!

Tainá Xavier disse...

Que lindo Mãe...eu que agradeço por tudo, e hoje aos meus 31 anos, me torno cada vez mais parecida com VC...generosidade, capacidade de ir a luta, são qualidades que vc me ensinou...só n aprendi a escrever bonito...kkkkkk!!! Te amo muito!

dalvani menezes disse...

Que lindo, terno e profundo amiga Ô mãe babona!!! Parabéns Tainá!

heretico disse...

imprimir os passos no caminho dos filhos, que melhor destino para os pais?...

muito belo e expressivo.

beijo

Mar Arável disse...

Passo a passo

nos mesmos pés

Jaime Portela disse...

Os nossos filhos serão sempre meninos/as.
E o amor que sentimos por eles pode ser inexplicável por palavras, mas ele está no sangue.
A Tainá era linda. E continua linda. E os seus netos serão lindos...
Boa semana, querida amiga Genny.
Beijo.