quarta-feira, 25 de março de 2009

DE TODOS OS POEMAS, O MAIS BELO...


Há 24 anos atrás, no dia 25 de março de 1985, dei vida a minha melhor poesia, obra prima da minha existência...


DESEJOS PARA UMA ESTRELA-MENINA

Para TAINÁ, minha filha


Desejo, neste tempo torto
e de caminhos íngremes,
te recriar todos os dias,
do feto à luz das minhas auroras...

Desejo, no espírito da Grande Mãe,
que sol e lua, vento, mar e tempestades
mesclem suas forças
para proteger seus dias.

Desejo, no caleidoscópio do céu noturno
que a estrela do teu nome
te seja guia e norte
luzidia sorte de brilho e cor.

Desejo, no confronto das diferenças
que a distância do meu mundo maduro
te ofereça lição de vida
para o exemplo das tuas febres juvenis.

Desejo, nesta convulsão materna
do parir a ti todos os dias,
embalar tuas horas quando tristes forem.
e ninar seguidamente teus sonhos

Desejo, nesta ânsia de desejar,
fluir teus risos, encantar teus verdes olhos,
festejar de canto tua voz musical
e tua solene elegância de garça.

Desejo, na curvatura do tempo,
bem antes que eu cruze outras fronteiras
soprar meu amor em tua alma
e imprimir meus passos no teu caminho.

Genny Xavier

















3 comentários:

Lucas Martins disse...

uau! mas como é linda a sua filha!!!

Giovani Iemini disse...

essa é tua filha?
hum... qual o telefone da gatinha?

hehehe.

Moisés disse...

essa menina é uma belezura. parabéns pra mãe e filha.